Crônica da aldeia global

Enfrentando adversidades e situações.

  Oportunidades: é agora ou nunca. São momentos enfrentados por todos nós em determinadas situações em nossas vidas. “Yes, eu can- Sim, nós podemos!” Foi o grito de Barack Obama

Dramas e tragédias

  “Ninguém pode feri-lo sem seu consentimento” Eleanor Roosevelt Viver o presente, pensar no futuro, nossa ação poderá mudar o mundo… E o nosso cotidiano vai assustando-nos, até nos entristecendo

O Brasil é nosso e precisa de nós.

  “Pense grande na vida. Você já ouviu falar de Alexandre, o médio?” Disputas e lutas na vida. Derrotas e vitórias. Nunca são definitivas. Vamos lutando, gastando nossas energias, dedicando-nos

Cidadania, democracia e respeito. Sobre os perigos que rondam os cidadãos. Que beleza a festa da democracia, o dia das eleições! A história não pode ser esquecida. Quem não viveu

Dia nacional de doação de órgãos.

  Prolongue sua vida, seja solidário. O ser humano é capaz  de ser solidário. Na vida ou na morte. Você pode ajudar o outro, seu parente ou até uma pessoa desconhecida,

Omissões e medo.

  Descruze os braços antes que eles fiquem endurecidos e paralisados pelas omissões. “Para evitar críticas não diga nada, não faça nada, não seja nada.” Aristóteles. Fazer ou não fazer,

bicho papão

  Olho vivo e muito juízo, que as bruxas andam soltas. Muitos ainda têm medo dele. Informam-se, conversam, leem, debatem, sabem que ele não existe, é só folclore, mas o

Crescimento e desenvolvimento.

  Cuidar do desenvolvimento do ser humano é uma arte. Crescer é importante para as pessoas e para as nações. As pessoas precisam de seu desenvolvimento integral: físico, mental, social

Deixa pra lá

  Lamentações num país descuidado Incêndio num museu histórico!… Histórias, coleções, peças pré-colombianas, antes de Pedro Álvares Cabral… Achados de Pompéia. Envelhecimento e descaso, falta de restaurações, interdição de salas,

O bem e o mal

Viver em paz, num reino comum, fraternalmente. Na convivência humana a violência nos amedronta, mas a indiferença, ignorância da dor do outro, solidão e desamparo de uns pelos outros são