Crônica da aldeia global

Preocupações e omissões.

  Quem esconde sua cara é um avestruz. Realidades podem massacrar nossas mentes e corações… Atentos à história vamos vivendo de sobressaltos. O tempo foge, as tragédias se repetem e

Fake news-notícias falsas.

Silêncio! Ali em frente tem alguém inventando uma notícia em seu celular! Um mundo de comunicações múltiplas… Hoje podemos nos interrogar: quais as notícias falsas, quais as verdadeiras. Não podemos

Salve-se quem puder…

  O Brasil pergunta: e eu, quem me salvará? Sempre pensando em si mesmos… Adoram seus umbigos e tiram os olhos do horizonte. Cada um pensando em sua situação, como

O que valeu a pena

Correria, disputas, vitórias e derrotas, como vai a vida? O mundo está em perigo, sofrem os refugiados, sofrem os estabelecidos em quase todos os países em que seus governantes fingem

Amigos do poder

Amigos, amigos, negócios inclusos! Nas várias esferas de governo, ocupantes de cargos públicos, eleitos, concursados ou nomeados, têm responsabilidades e tarefas definidas. As estruturas políticas, econômicas e sociais privadas se

Viver a vida em plenitude.

Já é setembro, desperte, o ano novo bate nas portas, quer entrar. A vida vivida sem fechar os olhos à comunidade e aos apelos, rotinas e acontecimentos… A sociedade vibra

Os ipês se exibem

Exultação e ação de graças. Queridos ipês! Obrigado pela exuberante paisagem e pela intensidade de suas cores!… Vocês desafiam a natureza, fazem amor no inverno, diferentemente das outras flores. Despudoradamente

Reformas ou arranjos de conveniência?

Solidariedade ou salve-se quem puder? Como conseguiremos novos mandatos? Quem vai financiar nossas campanhas? De quantos milhões nossos partidos precisam? E as perguntas de cunho pessoal se repetem… E os

Betinho, o herói mirrado.

“A Democracia é incompatível com a miséria.” Viveu, sofreu, deu a vida para os pobres mesmo antes de morrer. Na altura de sua magreza comeu o pão que o diabo

Quero minhas vantagens.

“Sou do governo e não posso ser castigado!” Ser governo seria concordar com os desmandos do chefe do governo? Cada poder é independente para quê? Como o legislativo poderia ser