Eleições 2018 – Segundo Turno Resultados

Eleições 2018 – Segundo Turno Resultados

Jair Bolsonaro Presidente do Brasil

 

O povo brasileiro elegeu seu novo presidente: o paulista de Glicério, Jair Messias Bolsonaro, 63 anos, capitão da reserva do Exército, deputado federal no sétimo mandato consecutivo e candidato do PSL. Ele derrotou o candidato do PT Fernando Haddad, no segundo turno das eleições, no domingo (28/10).

Bolsonaro somou mais de 55 milhões de votos, equivalente a 55,13% dos votos válidos, e venceu em  16 dos 27 estados da federação.

No primeiro discurso, pouco depois da definição do resultado, Bolsonaro disse que seu governo será balizado pela defesa da Constituição e da Democracia. “Meu governo será defensor da Constituição, da Democracia e da liberdade. Este é um país de todos nós, brasileiros natos e de outras nações. Neste projeto que construímos, cabem todos aqueles que tenham o mesmo objetivo que nós”. Defendeu a liberdade como princípio fundamental: “Liberdade de ir e vir, liberdade política e religiosa, liberdade de fazer, formar e ter opinião, liberdade de escolhas e ser respeitado por elas. Esse é um país de todos nós brasileiros natos ou de coração; um Brasil de diversas opiniões, cores e orientações”.

O Presidente eleito Jair Bolsonaro também citou que a população entendeu a verdade e que o povo , mais que o dever, tem o direito de saber o que acontece com seu país. Ele prometeu escalar profissionais qualificados para  transformar o país. “Nós fomos declarados vencedores deste pleito. E o que eu mais quero é, seguindo ensinamentos de Deus, ao lado da Constituição brasileira e me inspirando em grandes líderes mundiais e com uma boa assessoria técnica e profissional ao meu lado, isenta de indicações políticas de praxe, começar a fazer um governo a partir do ano que vem que possa colocar o Brasil no lugar de destaque. Temos tudo para sermos uma grande Nação.”

A vitória de Bolsonaro coloca pela primeira vez um militar no poder desde a redemocratização. De 1964 a 1985, cinco militares comandaram o país sem ser eleitos pelo voto popular. Antes, o último fardado a presidir o Brasil por eleições diretas havia sido o comandante do Exército Eurico Gaspar Dutra, eleito em 1946.

Bolsonaro eleito, é um fato histórico repleto de significados, e o mais importante deles é a reinserção total das Forças Armadas na normalidade do processo democrático, que deve ser saudado como avanço, não retrocesso.

O resultado deste domingo também encerra a mais turbulenta eleição brasileira de todos os tempos. A campanha mais curta da história, que durou apenas 74 dias, além de outros ineditismos que a tornaram singular.

Jair Bolsonaro é eleito Presidente

 

Conforme o resultado final, Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente da República com 55,13% dos votos válidos, o equivalente a 57.797.847 milhões de votos. O candidato do PT, Fernando Haddad, ficou em segundo lugar e recebeu 44,87% dos votos, que equivalem a 47.040.906 milhões.

A contagem final também mostra que 115,9 milhões (78,70%) de eleitores compareceram para votar. A abstenção foi de 21,3% (31,3 milhões). Houve 2,4 milhões de votos em branco e 8,6 milhões de nulos.

 

João Doria será o Governador de SP

 

O empresário e ex-prefeito da capital paulista João Doria (PSDB) foi eleito governador de São Paulo no segundo turno. O resultado só foi confirmado com 98,49% das urnas apuradas às 19h34 do domingo (28). O tucano no total obteve 10.990.160 votos, o que corresponde a 51,75% dos votos válidos, contra 48,25% de Márcio França (PSB), que obteve 10.248.653 votos. Uma diferença de 741.507 votos, ou 3,5%. Votos nulos foram 3.543.394, (13,71%), e brancos foram 1.054.978, (4,08%).

Depois de 16 anos, a eleição para o governo de São Paulo foi para o segundo turno, a última vez foi em 2002, entre Geraldo Alckmin (PSDB) e José Genoino (PT).

 

Pirassununga

Em Pirassununga, as eleições do segundo turno correram dentro da normalidade e apenas uma urna foi trocada na escola municipal Lenira Papa, pois o terminal do mesário não estava digitando os números do título do eleitor.

O pirassununguense confirmou a tendência do eleitorado e depositou 32.142 (81,77%) votos para Jair Bolsonaro; enquanto 7.167 (18,23%) votaram em Fernando Haddad. Foram 39.309 (89,15%) votos nominais; 1.295 (2,94%) votos em branco; 3.489 (7,91%) votos nulos; 44.093 (76,61%) de comparecimento; 179 seções com urnas.

O eleitor de Pirassununga não tinha dúvidas quanto ao voto para Governador: João Agripino da Costa Doria Junior recebeu 24.584 (66,28%) votos, enquanto Marcio Luiz França Gomes, teve 12.505 (33,72%) votos. Os votos nominais somaram 37.089 (84,12%); 1.993 (4,52%) votos em branco; 5.011 (11,36%) votos nulos; 44.093 (76,61%) de comparecimento; 179 seções com urnas.

Os votos válidos em Pirassununga somaram 37.089 ou 84,12%.

 

Category Política

Multimag Comments

We love comments
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *