Marquezelli cobra teto para pedágios baseado nos valores pagos em rodovias federais

Marquezelli cobra teto para pedágios baseado nos valores pagos em rodovias federais

O deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) cobrou a regulamentação dos preços dos pedágios nas rodovias do País ao denunciar que muitos deles têm valores excessivos. Segundo o parlamentar, os preços de pedágios municipais e estaduais não deveriam ser maiores que os federais.

“O parâmetro deveria ser o pedágio federal, que dá para controlar. Em São Paulo, existem trechos de estradas em que se gasta mais com pedágio que com combustível. É um absurdo, não existe em parte nenhuma do mundo. Devemos combater isso”, disse Marquezelli.

O parlamentar fez a afirmação após a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovar proposta que exige audiência pública toda vez que uma concessionária quiser aumentar o valor do pedágio ou realizar alterações nas cláusulas contratuais (Projeto de Lei 5959/16). Nelson Marquezelli votou a favor da matéria. “As coisas precisam ser transparentes e públicas, para que a população possa acompanhar e debater se está tendo resultado positivo”, explicou.

O deputado cobrou, ainda, que as concessionárias invistam em mais segurança para os usuários, colocando câmeras em estradas e trevos perigosos e também melhorem a infraestrutura. Assim, evitam-se roubos e acidentes.

“As concessionárias têm que oferecer boas estradas, bons postos de gasolina, abastecimento, eliminar curvas perigosas, cuidar do acostamento. Existem áreas sujeitas à chuva, à derrubada de árvores – tudo isso deve ser visto com muito cuidado pelas concessionárias do País”, alertou Marquezelli.

Reportagem – Celimar de Meneses, com a colaboração de Regina Mesquita e sob a supervisão de Renata Tôrres

Foto – Jotaric

Multimag Comments

We love comments
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *