Marquezelli elogia modernização do Tribunal Justiça de São Paulo

Marquezelli elogia modernização do Tribunal Justiça de São Paulo

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo é considerado o maior Tribunal do mundo em volume de processos. Somente para se ter uma referência, o número de ações demandadas no judiciário estadual paulista corresponde a 34% do total de processos em andamento em toda a Justiça brasileira.

De acordo com dados do relatório Justiça em Números 2016, produzido pelo Conselho Nacional de Justiça, é o tribunal com a maior força de trabalho. São 2.600 magistrados e aproximadamente 43 mil servidores distribuídos em 319 comarcas no Estado de São Paulo.

À frente desse grande Tribunal está hoje o competente desembargador Paulo Dimas Mascaretti que, com sua gestão dinâmica, itinerante e inovadora vem implantando grandes melhorias que alavancam a produtividade e dão muito mais agilidade no andamento de processos, melhorando visivelmente o Judiciário paulista.
Com muita determinação, inteligência, responsabilidade e, acima de tudo, muito trabalho, vem implantando na sua brilhante gestão, a simplificação de todo o trajeto dos processos judiciais, bem como tem empenhado em estimular o diálogo com diversas instituições.

Somente para ilustrar, alguns exemplos: com um simples clique, os juízes permitem que advogados e partes em processos nos juizados especiais cíveis de São Paulo recebam valores depositados em contas judiciais, no mesmo dia da decisão, como numa transferência bancária (TED). Implantou o aplicativo TJSP Móvel, que facilita a consulta de processos pelo celular e também expandiu os inquéritos digitais, substituindo o papel, desde o registro da ocorrência em delegacias de polícia.

Estabeleceu os processos 100% digitais, o que elimina etapas cartorárias e chega mais rapidamente na fila dos que aguardam decisão do juiz.

Implementou diversas ações importantes como o Projeto Justiça Bandeirante, que passou a treinar todos os servidores para melhorar a produtividade no sistema de informação.

Criou o Projeto TJ Eficiente, de incremento de produtividade das unidades, com o direcionamento de rotinas e melhor padronização dos trabalhos judiciários.
Remodelou o site para melhorar o acesso do usuário e iniciou o Portal de Custas, que emite no mesmo canal guias de taxas processuais e de depósitos judiciais, além de estrear os mandados eletrônicos de levantamento judicial, a princípio nos juizados especiais cíveis.

Nomeou, em 2016, 175 novos juízes – 77 no primeiro concurso e 78, no segundo.
Está investindo na ampliação dos chamados Cartórios do Futuro, que normalmente juntam cinco unidades e passam a ter uma única estrutura, com padronização do trabalho interno e ainda com a possibilidade de elevar o aproveitamento dos servidores nos gabinetes do juiz.

Enfim, são tantas as melhorias para o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, trazidas pela brilhante gestão, que é importante dar visibilidade às coisas boas que estão ocorrendo em prol da eficiência do serviço público em nosso Estado para que sirva de referência para o Brasil.

Multimag Comments

We love comments
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *