Notas Policiais

Notas Policiais

Menor é pego com maconha

No período da manhã da quarta-feira (3), uma guarnição da Guarda Civil Municipal de Pirassununga, flagrou o adolescente F. de 17 anos, desempregado, residente na Vila São Pedro, passando um objeto para Giovani, de 19 anos, auxiliar de produção, residente no Jardim Millenium, defronte a uma residência na Rua Bahia, Vila Brasil.

Os GCMs perceberam que ao avistar a viatura, o adolescente tirou algo do bolso e jogou por cima do muro de uma residência vazia; eram três porções de maconha que foram recolhidas pelos guardas.

Na revista pessoal foi encontrado com o adolescente a quantia de R$ 20,00 em espécie. O adolescente alegou ser usuário e teria comprado a droga do jovem G., que trazia no bolso uma porção de maconha idêntica às demais.

Ambos foram levados para o 1º DP, onde foram qualificados, ouvidos e liberados – sendo o adolescente entregue para a mãe. Os boletins foram registrados como Drogas para consumo e Ato Infracional.

GCM divulga estatística anual

 

 

A Guarda Civil Municipal de Pirassununga divulgou estatística de 2017, com registros até o dia 21 de dezembro de 2017. Os números são de ocorrências com confecção de Boletim de Ocorrência pela Polícia Civil ou por relatório de Ocorrência GCM.

Foram efetuados: Apoio Bombeiro, 19; Apoio Ambulância/SAMU, 37; Perturbação do Sossego, 10; Calunia, 1; Desacato/Desobediência/Resistência, 11; Ameaça, 7; Alarmes Acionados em Prédio Municipal (escolas/creches/secretarias, USFs), 249; Conselho Tutelar/Casa Abrigo/Caps, 47; Acidente de Transito s/ Vitima, 7;  Acidente de Transito c/ Vitima, 4;  Ato Infracional (Furto/Drogas), 20; Averiguações Flanelinhas/Exercício Ilegal de Função, 2.

Desinteligência, 107; Dano/Depredação, 7; Auxilio ao Trânsito, 14; Lesão Corporal, 8; Auxilio ao Judiciário, 13; Roubo, 9; Furto/Furto Qualificado, 40; Ato Obsceno, 1; Entorpecentes (Trafico/Porte/Apreensões), 55; Dirigir sem Permissão/CNH/Direção Perigosa, 1; Captura de Procurado, 38; Apreensão de Objeto/Veiculo/Auto localizado/Veiculo Abandonado, 10; Suicídio Tentado, 2; Apoio a Polícia Civil (Operações), 41; Apoio a Polícia Militar (Operações e apoio a ocorrências) (Rodoviária/Ambiental/Infantaria),    81; Assentada, 19; Averiguações de Morador de Rua, 81; Apoio a fiscalização de Posturas/Finanças/Obras/Rendas/GCM, 21; Flagrante embriaguêz na condução de veículos, 4; Estelionato, 2; Ocorrência com linhas de Cerol, 7; Apreensão/Maus tratos Animais/Animais Soltos em via/Abuso Animal, 3; Porte Arma, 2; Localização e Apreensão de Objeto, 18; Injuria, 2; Receptação, 5; Evasão Escolar, 4; Estupro de Vulnerável, 3 e Violação de Sepultura, 1. Totalizando 1.013 atendimentos.

GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE PIRASSUNUNGA

Estatística 2017  ATÉ 21/12/2017

                                                   

 

DESLOCAMENTO DE VTRs  PARA ABORDAGEM /AVERIGUAÇÕES/AUXILIO AO PUBLICO E ORDENS DE SERVIÇO

 

Total de pessoas abordadas 422
Total de averiguações em geral 529  
Auxlio ao publico em geral 83

 

 

 

OUTROS  PATRULHAMENTO/ORDEM DE SERVIÇO

 

Patrulhamento Escolar (entrada/Saida de Alunos) 26
Acompanhamentos ( Procissão de igrejas,Passeatas e outras entidades) 97
Permanências preventiva de VTRs  Patrimônio(USFs/Paço Municipal/Câmara Municipal, Café com Chorinho, Cachoeira de Emas, Centro Comercial,Praças,

Pam Zona Norte)

623

 

TOTAL DE PRISÃO: 52

 

TOTAL GERAL DE ATENDIMENTOS/PERMANENCIAS/AVERIGUAÇÕES/ACOMPANHAMENTOS 2793

 

 GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE PIRASSUNUNGA

Estatística 

 

Neste  primeiro semestre de 2017 foram atendidas um  total de 1679 solicitações onde houve deslocamento da viatura GCM.

Segundo semestre continuaremos a nossa missão principal em manter a ordem e a segurança de toda a nossa comunidade

Agradeço   a  todos os   GCMs   que   mantiveram  o azul marinho nas veias e com todas as  dificuldades estamos realizando e prestando um ótimo serviço ajudando a manter  índices baixo de criminalidade do município e  sempre  no principio básico que é respeitar e cumprir  as leis que regem nosso país.

 

Anderson Dorival Rossi

Comandante da Guarda Civil Municipal

 

Paulo André Silva Tannus

Secretario Municipal de Segurança Publica

Pirassununga registra queda na criminalidade

 

A 3ª Companhia de Polícia Militar de Pirassununga, comandada pelo Capitão de Polícia Militar Neymar Pereira dos Santos, apresenta os resultados de 2017, dos indicadores criminais do Programa “São Paulo Contra o Crime” do ano de 2017 comparado com o ano de 2016 ocorridos em Pirassununga/SP.

Houve redução de 35% nos casos de Subtração de veículos (roubo e furto somados), sendo registradas em 2016, 129 ocorrências e em 2017, 84 ocorrências;

Redução de 11% nas ocorrências de Roubo Geral – exceto de veículos, 2016 foram 108 ocorrências e em 2017, somaram 96 ocorrências;

As ocorrências de Vítimas de Letalidade, ou seja, Homicídio e Latrocínio, aumentaram; em 2016 aconteceu apenas um caso, contra três em 2017 – lembrando que não houve nenhuma ocorrência de Latrocínio no município no período comparado, e nos dois casos de homicídios os agressores foram imediatamente presos.

 

Produtividade

No decorrer de 2017 a Polícia Militar de Pirassununga atendeu 4.983 ocorrências; 912 conduções ao Distrito Policial; 30.384 pessoas abordadas; 9.294 veículos e motos vistoriados; 1.670 autos de infração de trânsito elaborados; 216 flagrantes; 222 pessoas presas em flagrante; 92 recapturados foragidos da justiça; 87 atos infracionais; 100 menores apreendidos; 18 armas brancas apreendidas; 121 porte de entorpecentes e 28 embriaguez ao volante.

*Fonte: Infocrim

Ladrões levam “maquinista” do trem

 

O secretário Roberto Bragagnollo, da Cultura e Turismo, fez um desabafo no dia 2, usando o Facebook, após a desagradável constatação de que pessoas desconhecidas haviam furtado o boneco “maquinista” do trem que foi muito visitado e fotografado neste final de ano.

“Inacreditável! A instalação natalina da Secretaria de Cultura e Turismo – a “Maria Fumaça e seus Duendes” -, montada na esquina do Centro de Convenções, ao lado do Lago Municipal, foi alvo de criminosos neste final de semana.

Na madrugada da virada de ano, bandidos roubaram o “maquinista”, que compõe a peça decorativa, uma das mais visitadas por crianças e seus familiares neste final de ano.

Ao constatarmos a falta do pesado boneco confeccionado em fibra de vidro, fomos à Delegacia de Polícia para registrarmos o boletim de ocorrência.

 

Ajude-nos a identificar os bandidos

Estamos buscando imagens para identificar e denunciar a ação da “gang”. Se conseguirmos tal empreitada, vamos postar aqui no Facebook as cenas mostrando a cara de pau desses meliantes, mesmo que isso implique qualquer ação contra a minha pessoa.

Trata-se de uma prática criminosa. Não iremos tolerar tais atitudes, custe o que custar.

Diante de tantas dificuldades para proporcionarmos um Natal possível à população, coisa que muitas cidades de tradição na região não o fizeram em razão da crise, nos deparamos no primeiro dia do ano com esse ato criminoso contra o patrimônio público.

Uma afronta a todos nós cidadãos de bem”.

 

Roberto Bragagnollo

 

Traficante de Rio Claro é preso em Pirassununga

 

Em patrulhamento rotineiro no sábado (30/12), a Guarda Civil Municipal de Pirassununga, com os GCMs Sub Insp. Macedo, Carlos e Bercke, posteriormente apoiados pelos GCMs Bissaco, Bravin e Versolato, abordaram na praça da Vila Guilhermina, Lenin C. S. S., portando seis porções de maconha.

O suspeito informou que reside em Rio Claro e estava na casa de um amigo. As equipes foram até a casa indicada, no Parque dos Eucaliptos, e em diligência na residência foram encontradas 22 porções de maconha e um caderno com contabilidade de tráfico; sendo que tudo estava dentro da bolsa de Lenin.

Em outro quarto duas porções de cocaína e três porções de maconha, mais dinheiro e plástico filme dentro de uma caixa, também foram localizados.

O morador J. V. S. J. franqueou a entrada dos guardas e confirmou que toda a droga foi trazida por Lenin. A Autoridade Policial ratificou a prisão de Lenin, por tráfico de entorpecentes.

GCM recupera trator furtado

 

Durante a madrugada do dia 29 de dezembro, um trator foi furtado de uma propriedade rural em Pirassununga e a Guarda Civil Municipal foi avisada sobre a ocorrência, pelo proprietário da Estância localizada na região oeste da cidade.

Os GCMs souberam pela vítima, que tratava-se de um trator Valtra, modelo 4RA A750 4X4, ano 2015, de cor amarela, que possui rastreador. O sistema de rastreamento apontava que o trator estava no bairro Ibicatú, município de Leme.

Os guardas municipais Bueno e Eneias tiveram o apoio da GCM e da PM de Leme, e localizaram a máquina agrícola escondida em uma mata fechada, próximo ao rio Mogi Guaçu.

Localizado e recuperado, o trator foi entregue ao agricultor.

Polícia Civil divulga resultados de 2017

 

A Polícia Civil de Pirassununga divulga os trabalhos realizados durante o ano de 2017, com ênfase nos casos esclarecidos e demais serviços investigatórios realizados pelos Setores de Investigações do 1º Distrito Policial e da Delegacia de Polícia do Município.

Foram registrados 6.220 Registros Digitais de Ocorrência, entre o Plantão Policial e Primeiro Distrito Policial, durante o ano de 2017. Destes Registros Digitais de Autoria Desconhecida e/ou Denúncias anônimas, foram esclarecidos 233 casos, destacando-se os seguintes:

14 Tráficos de Drogas; quatro Homicídios, sendo um Tentado, dois Consumados e um por Acidente de Transito; uma Posse Arma Fogo; 16 Roubos Diversos; 31 Furtos Diversos; uma Receptação; 10 Estelionatos; 26 Posses de Drogas; seis Crimes Sexuais; 124 Casos diversos entre Ameaça, Lesão Corporal, Injúria, Fuga Local Acidente Transito, Omissão na Guarda de animais, etc.

Dos Casos esclarecidos, 18 Indivíduos foram presos em flagrante por Tráfico de Drogas, Posse de Arma de Fogo, Homicídio Qualificado, Receptação, Furto, Adulteração Identificação Veicular e Ato Infracional/Tráfico de Drogas.

Nos homicídios ocorridos em Pirassununga, destaca-se o esclarecimento e prisão do filho que matou o Pai, em abril de 2017 num dos pesqueiros da cidade, ocasião em que numa ação rápida a Polícia Civil chegou ao local e deteve o autor dos fatos, angariando provas, principalmente por filmagens de câmeras instaladas na residência, culminando na prisão em flagrante do autor.

Também o esclarecimento do Homicídio ocorrido em Setembro de 2017, quando vários indivíduos agrediram o estudante Guilherme, na Avenida Newton Prado. Após investigações efetuadas por cerca de dois meses, foram identificados e presos os principais autores do crime.

Destaca-se também a apreensão de grande quantidade de remédios proibidos, controlados e vencidos e armazenados em comercio em atividade, ocorrido em fevereiro de 2017. A apreensão foi resultado de trabalho em conjunto com a Vigilância Sanitária da Prefeitura Municipal de Pirassununga.

Foram presos mais 92 Indivíduos por Mandado de Prisão, Mandados de Apreensão de Adolescente e Detenção por Posse de Drogas e Descaminho; foram cumpridos 78 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar; cumpridas 968 Ordens de Serviço; efetuados 1.311 Relatórios de Diligências efetuadas; entregues 1.456 Intimações na área urbana e rural.

Foram efetuadas 254 escoltas de 488 presos, entre audiências de custódia, inclusão em Presídio Feminino, inclusão na Penitenciária de Itirapina, Sorocaba, Hortolândia, Rio Claro e Outras.

Retirou-se de circulação 2.023 gramas de maconha, 0,147 gramas de cocaína e 0,019 gramas de crack.

Trabalharam nas operações, Os Delegados de Polícia Dra. Tatiane, Dr. Mauricio e Dr. João Fernando, bem como os Investigadores Domingos, Adriano, Aragão, Danilo e o Agente Policial Macarenko.

As ações da Polícia Civil tiveram apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal.

 

Fonte: Delegacia de Polícia do Município de Pirassununga

Rapaz alterado quebra dois vidros da viatura

 

 

No final da tarde da última sexta-feira do ano passado (29/12), a Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal de Pirassununga, prenderam um indivíduo por tráfico de drogas na Vila São Guido.

Essa prisão foi em consequência de investigação perpetrada pela Polícia Civil, sobre um indivíduo que estaria vendendo drogas na Zona Leste da cidade e que os entorpecentes ficariam escondidos em sua própria residência. Depois de todo o levantamento efetuado pelos Investigadores de Polícia, a Delegada Titular Dra. Tatiane Cristina Parizotto representou junto ao Poder Judiciário, pelo Mandado de Busca Domiciliar para a residência do investigado.

Depois de reunião, Policiais Civis e Guardas Municipais rumaram para o local, quando surpreenderam um adolescente defronte ao imóvel e o suspeito abrindo a porta da casa, que ao avistar os Policiais, jogou um objeto ao chão.  Os dois foram detidos e ao verificar o que o Investigado havia jogado ao chão, constatou-se tratar de uma porção de maconha.

Iniciadas as buscas no imóvel, o indivíduo ficou extremamente alterado e passou a desacatar os Policiais e ameaça-los de morte, sendo necessário uso de força física para contê-lo e mesmo algemado ameaçava a todos de morte. No quintal da casa foram encontrados, uma tigela contendo porções de maconha, ao lado mais um involucro médio da mesma droga e uma balança de precisão. Aquela porção de maconha encontrada na frente da casa, indicando claramente que ia vender ao adolescente, também estava embalada em plástico branco da mesma cor da porção encontrada no quintal.

Diante de tudo, o indivíduo de 19 anos foi colocado no compartimento de preso na viatura da Polícia Civil, o qual ainda totalmente alterado quebrou dois vidros com os pés. Ele e o adolescente de 16 anos, que portava R$ 5,00 foram conduzidos ao plantão policial, onde a Dra. Tatiane ratificou a prisão do Investigado por Tráfico de Drogas, Dano Qualificado ao Patrimônio Público, Ameaça e Resistência. O menor foi ouvido e liberado para a mãe dele.

Trabalharam na operação a Dra. Tatiane, o Investigador de Polícia Domingos e os GCMs da ROMO Edmilton e Cesar, apoiados pelos GCMs Bueno, Eneas, Magaline e Bissaco.

 

Jovem comete suicídio nas primeiras horas do ano

 

Uma triste notícia abalou duas famílias logo nas primeiras horas de 2018. Uma jovem de 20 anos cometeu suicídio, em sua própria residência, uma propriedade rural no bairro Córrego do Taquari, depois de tentar matar um trabalhador rural de 36 anos, companheiro dela, a tiros.

Segundo depoimentos do companheiro e uma testemunha, durante os festejos de final de ano em Ajapí, na madrugada, a jovem pegou o carro e deixou a festa dizendo que retornaria para a casa, deixando para trás o companheiro.

Momentos depois, o trabalhador rural pegou carona com um amigo e voltou para a propriedade rural. Ao chegarem avistaram a mulher sentada na varanda e em seguida ela passou a atirar contra o companheiro, efetuando seis disparos com um revólver calibre 32.

O homem correu para o pomar de laranjas e não foi alvejado por nenhum tiro. Ao perceber que a munição havia acabado, o amigo do casal retirou a arma dela.

Porém, ela entrou na casa e voltou com uma espingarda calibre 12; na sequência a jovem retornou para o interior da residência onde cometeu o suicídio. Equipe do Corpo de Bombeiros constatou a morte da mulher.

O trabalhador rural recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma de fogo e foi levado ao Plantão Policial, sendo arbitrada fiança no valor de R$ 1 mil que foi paga, e ele responderá ao processo em liberdade.

Jovem comete suicídio nas primeiras horas do ano

 

Uma triste notícia abalou duas famílias logo nas primeiras horas de 2018. Uma jovem de 20 anos cometeu suicídio, em sua própria residência, uma propriedade rural no bairro Córrego do Taquari, depois de tentar matar um trabalhador rural de 36 anos, companheiro dela, a tiros.

Segundo depoimentos do companheiro e uma testemunha, durante os festejos de final de ano em Ajapí, na madrugada, a jovem pegou o carro e deixou a festa dizendo que retornaria para a casa, deixando para trás o companheiro.

Momentos depois, o trabalhador rural pegou carona com um amigo e voltou para a propriedade rural. Ao chegarem avistaram a mulher sentada na varanda e em seguida ela passou a atirar contra o companheiro, efetuando seis disparos com um revólver calibre 32.

O homem correu para o pomar de laranjas e não foi alvejado por nenhum tiro. Ao perceber que a munição havia acabado, o amigo do casal retirou a arma dela.

Porém, ela entrou na casa e voltou com uma espingarda calibre 12; na sequência a jovem retornou para o interior da residência onde cometeu o suicídio. Equipe do Corpo de Bombeiros constatou a morte da mulher.

O trabalhador rural recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma de fogo e foi levado ao Plantão Policial, sendo arbitrada fiança no valor de R$ 1 mil que foi paga, e ele responderá ao processo em liberdade.

 

Multimag Comments

We love comments
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *